Blog Sony Xperia Brasil

O que fazer quando há pouca luz, muito movimento, multidões assustadoras ou se chove? Nós te contamos!

Acabamos de passar um dos feriados mais esperados por brasileiros e turistas estrangeiros: o Carnaval.

O contexto que envolveu muitas festas, multidões e elementos com os quais não lidamos todos os dias nos lembrou que nós podemos aproveitar tudo que for inusitado para fazer registros extraordinários com o Xperia.

Então, hoje, vamos contar como tirar o melhor proveito de situações em ambientes pouco controlados. E esse é só o primeiro texto – fique atento, pois, na próxima coluna, trarei mais dicas para vocês. 😉

Para começar, estude o ambiente e faça testes

Se existe uma característica em comum nos grandes fotógrafos é a capacidade de observação. Uma das coisas mais importantes na fotografia é olhar ao redor e se familiarizar com o ambiente em que se está.

Faz parte do exercício do olhar na fotografia reconhecer o que temos à nossa disposição na hora do clique.

Podemos nos inspirar com qualquer coisa: um ponto luminoso interessante, um ângulo que permita retratar uma situação de forma única ou um detalhe tão interessante a ponto de protagonizar uma imagem.

Esse exercício pode ser feito em qualquer oportunidade que você tiver. Assim, quando se encontrar em lugares em que ter total controle da situação é impossível, você já está com a câmera afiada – e é só partir para a ação.

Foque no que importa

Existe um dizer na fotografia que é “focar no herói”. Basicamente, o herói seria a parte mais importante da foto. Qualquer elemento que te chama a atenção para uma cena seria esse “herói”.

É um conceito simples, mas ainda assim muito poderoso – e você pode trabalhar com ele de algumas formas:

  • Destacar o herói na composição da foto: podemos colocar o herói em algum dos pontos de atenção, como vimos no texto sobre técnicas de composição. É possível centralizar nosso herói, deixá-lo em alguma das intersecções da regra de terços ou emoldurá-lo com outro elemento da cena. As opções são inúmeras! Uma possibilidade pouco óbvia, mas me agrada muito, é contrapor o herói com os pontos de atenção. No exemplo abaixo, nós colocamos nosso herói contrário ao ponto de fuga:

Fotografia mobile: 8 dicas para se virar em situações inusitadas

  • Deixar a exposição da foto adequada para o herói: Nem sempre nós teremos as condições de luz ideais para realizar a foto. Nessas horas, cabe ao fotógrafo decidir como ele vai expor a foto. Podemos dar total destaque ao nosso herói, deixando-o perfeitamente exposto, enquanto o resto da foto fica estourada, ou podemos escolher deixá-lo destacado através de silhuetas.Se você quiser se aprofundar no tema, espie o texto em que explicamos sobre o Valor de Exposição do seu Xperia. Os resultados, ao brincarmos com a luz, sempre ficam interessantes:
Essas técnicas funcionam muito bem em festas de rua, já que podemos ter que fotografar tanto no sol do meio-dia quando em um dia nublado. E o foco no herói sempre nos surpreenderá.

Essas técnicas funcionam muito bem em festas de rua, já que podemos ter que fotografar tanto no sol do meio-dia quando em um dia nublado. E o foco no herói sempre nos surpreenderá.

A verdade é que é frequente a luz não ser sempre favorável mas, se focarmos em uma regra, como essa do herói, e inserirmos uma pitada de criatividade, sempre teremos um resultado interessante.

Com a tecnologia dos ISOs altos do Xperia, você também vai passar por essas situações com menos dificuldades. Nessas horas não tenha medo de explorar o ISO alto e ver como a foto pode sair. Se você perdeu o texto em que conto o que é ISO e como ele funciona nos smartphones, corre já para ler e explorar mais esse recurso!

Escolha o melhor foco para o momento

Vamos focar no objeto que importa e ativar nossa memória sobre o filme "Náufrago"?

Vamos focar no objeto que importa e ativar nossa memória sobre o filme “Náufrago”?

Uma das vantagens em ter uma câmera com modo manual, é poder explorar diferentes focos e enfrentar as adversidades do dia-a-dia. No caso dos Xperia, temos as seguintes opções:

  • Foco automático único

A câmera foca automaticamente um objeto selecionado. É preciso tocar e segurar a tela da câmera até que a moldura de foco mude de cor, indicando que o foco foi feito. A foto é tirada quando você retira o dedo da tela.

  • Foco automático múltiplo

O foco é automaticamente definido em diversas áreas da imagem. Seu funcionamento é semelhante ao do foco automático único.

  • Detecção de face

A câmera detecta automaticamente até cinco rostos humanos, focando automaticamente o que estiver mais próximo da lente. Você também pode selecionar em qual rosto deseja focar – é só fazer a escolha por memio do toque na tela.

  • Foco de toque

Simples assim: você toca em uma área específica na tela da câmera para definir a área de foco.

  • Rastreamento de objetos

Ao selecionar um objeto tocando-o no visor, a câmera o monitora para você.

Conte uma história

Um dos melhores “ingredientes” em uma história é o mistério. Situações adversas costumam ser um prato cheio para explorarmos nossa imaginação e encontrar o mistério nas cenas cotidianas.

Acabamos de passar pelo carnaval e eu tenho certeza de que muitos de vocês viram cenas que se tornariam histórias incríveis em uma fotografia – e espero que tenham registrado. 😉

Para explorar ambientes com muita informação e conseguir um clique único, você precisa enquadrar os elementos interessantes e tentar dar um toque de mistério nessa composição. Por exemplo, deixar algo escondido ou “cortado” da cena ou até explorar ângulos inusitados para dar um pouco de graça às histórias que tentamos contar com nossas imagens.

Eu gosto muito da maneira como o fotógrafo Cisco Vasques explora o mistério em temas cotidianos, como o Carnaval. Percebe-se que ele consegue contar uma história muito fantasiosa com pouquíssimos elementos:

Nesse caso, um dia escuro foi perfeito para trazer uma atmosfera misteriosa para a foto.

Nesse caso, um dia escuro foi perfeito para trazer uma atmosfera misteriosa para a foto.

Dê uma passadinha no meu texto em que falo sobre olhar fotográfico e composição – ali você pode ter as primeiras de muitas ideias para clicar. É importante ter em mente que também podemos quebrar as regras e, ao compor, conseguir resultados surpreendentes.

Espero que essas dicas tenham te inspirado a continuar clicando mesmo em situações inusitadas e com as adversidades que surgem em nosso caminho. Se tiver alguma dúvida, é só postar aqui nos comentários que seguimos a conversa.

Até a próxima coluna com mais dicas para fotografar, “like a boss”, em qualquer cenário!

  • Luiza de Castro

    Luiza de Castro

    Amante de cor, cinema, fotografia, design, coletivos urbanos, muitas nerdices e fofurices. Adora aprender coisas novas, valoriza os amigos e pessoas queridas e sempre topa uma boa cerveja. É colorista, videomaker e fotógrafa. Também escreve para o portal PapodeHomem.

    Veja mais posts

Deixe uma resposta